top of page
  • Foto do escritorNatália Salgado

Uma loja para você comprar! Conhecendo a história da Maria crochê!

“Quem vê close, não vê corre! ” Já diz o ditado.


Muitas pessoas quando entram para o maravilhoso mundo do artesanato tem o desejo de empreender com a venda dos insumos, por N motivos. Muitas vezes porque tem dificuldade de encontrar em armarinhos locais os produtos que deseja usar, outras vezes, por vislumbrar uma oportunidade de negócio lucrativa e até mesmo uma possibilidade de fazer dinheiro com aquilo que ama.


Mas existem as maravilhas e as dificuldades de se empreender, acredito eu, em qualquer ramo, e é isso que gostaríamos de saber da Maria Crochê. Conhecer um pouco da sua história e saber quais são as flores e as dores do negócio.


Além disso, vamos trazer ao conhecimento das artesãs que buscam produtos de qualidade tudo que a Maria crochê tem a nos oferecer.

Para nos contar um pouco dessa história e como funciona a Maria Crochê entrevistei a Leticia uma das idealizadoras da empresa.


1. Como e porque nasceu a Maria crochê? Conta para a gente um pouquinho da história.


Após perceber a falta de materiais para crochê em nossa região, e pela nossa necessidade de comprar material de produção, minha mãe Telma e eu começamos a vender fios e acessórios para crochê. Assim surgiu nossa loja física e online. A loja virtual surgiu primeiro, em 2019, para atender as crocheteiras de fora da cidade e a loja física em 2021, e fica em Ipatinga. Continuamos com a loja virtual e entregamos tanto em nossa região como em todo Brasil.

 


2. Notei que as ideazadoras da loja são sua mãe Telma e você Letícia de onde vem o nome "Maria crochê"?


Maria vem da minha avó que mexe com costura, aí foi em homenagem a ela


3. O Maria crochê tem uma pág institucional para as  pessoas encontrarem e conhecer um pouco mais da empresa?


Claro! Temos nosso site www.lojamariacroche.com.br, lá você encontra nossos produtos e um pouco da nossa história.


4. A gente sabe que a gama de produtos para artesanato é muito grande. Existem muitas técnicas como costura, bordado, pintura, crochê, tricô, macramê, enfim muitas técnicas. A Marica crochê oferece produtos para quais técnicas artesanais hoje?


Apesar de amar todo tipo de artesanato, nossa loja oferece materiais específicos para o crochê, como os fios de malha residuais e Premium, fios com trama náutica de poliéster, acessórios de bolsa e agulhas.


5. Desde o início vocês começaram com produtos para essas técnicas em específico ou foram acrescentando mais ao longo do tempo?


Começamos apenas com fios de malha Premium e agulhas, depois acrescentamos os residuais. Alguns meses depois os fios de poliéster e por último, os acessórios de bolsa.

 

6. Como vocês decidiram e ainda decidem a variedade de cores e tipos de fios e acessórios a serem adicionados em seu estoque?


De acordo com a tendência de cada época do ano e também vemos qual é a procura das clientes naquele momento, assim vamos atualizando cores e os tipos de materiais mais usados para atender a todos.

 

7. Mesmo definindo as técnicas ainda assim existem uma gama muito grande de fios e produtos. E os clientes sempre querem mais. Eu mesma, quando tinha loja, tinha uma dificuldade de espaço, por mais que eu quisesse e pudesse não tinha espaço físico para acrescentar muitos produtos ao estoque. Como que é o planejamento para expandir a linha de produtos, como vocês fazem essa escolha?

 

Quando tínhamos a loja virtual, era complicado a questão de espaço, visto que todos os fios ficavam dentro de um quarto bem pequeno. Já quando mudamos para loja física, as coisas melhoraram bastante. No momento estamos querendo focar nos materiais e marcas que já trabalhamos visto que temos um bom retorno e ampliar caso for necessário mais para frente.

 

8. Como vocês selecionam os fornecedores, marcas e quais os produtos que vão ter na loja? Tem algum critério? (qualidade, preço, facilidade de compra, etc)


Nós sempre procuramos os fios que estão mais em alta no mercado e que estão tendo feedbacks positivos do público. Levamos sempre em conta a qualidade dos materiais e o preço. E se for fios, sempre priorizamos rendimento também, que é algo que as clientes sempre procuram.

 

9. Vocês recebem pedidos para trazer x/y produto que ainda não tem na loja? Já aconteceu de ter uma procura emergente de um determinado produto? Um “Bum” de busca por um produto específico que vocês precisaram buscar com mais urgência.


 Com certeza, produtos novos sempre são procurados, e analisamos se realmente compensa financeiramente ter tal produto na loja e se é um produto apenas de procura temporária. 


10. Quais são os produtos/marcas mais populares da loja hoje, aqueles que sempre acabam rápido o estoque?


Vanessa Maio, Fischer e Amorino são nossos carros-chefe. Priorizamos a variedade de cores e espessuras nesses fios por causa da procura.

 

11. Eu já tive uma pequena loja no ramo. E eu sei que começar é difícil? Dar início na compra com novas empresas costuma ser um desafio, principalmente para linha de crédito. Normalmente precisamos fazer algumas compras à vista, e ter dinheiro em caixa para um pequeno empreendedor é bem difícil. Vocês passam por isso? Quais as maiores dificuldades que vocês, enquanto empreendedoras enfrentam?


Com certeza! Às vezes o dinheiro em caixa fica reduzido quando se faz um investimento maior e acabamos passando por dificuldades, não é fácil. Um dos maiores desafios que enfrentamos é administrar redes sociais, estoques, envios, edição de conteúdo, cuidados da loja física tudo ao mesmo tempo, mas mesmo assim é gratificante trabalhar com o que ama e acaba não se tornando um peso, apesar da correria.


12. Já tiveram dificuldade de comprar de alguma empresa?


Sim! Tem alguns fornecedores que são difíceis de negociar, prometem uma coisa e fazem outra. Prometem um prazo, entregam em outro. Por isso com o tempo, fomos descartando algumas empresas e selecionando a dedo quais queríamos.

 

13. E para comprar com vocês quais são as facilidades de pagamentos que vocês oferecem?


Oferecemos cartão com parcelamento com juros, pix, dinheiro, link para pagamento á distância, boleto, transferência e depósito.


14. Vocês promovem promoções especiais ou formas de pagamento diferenciada em alguma ocasião?


Sim, sempre temos promoções. Geralmente no Pix, damos 3% de desconto.


15. Vocês oferecem workshops ou eventos em sua loja? Tem datas fixas ou são eventos esporádicos? Recebem professoras de fora?


Começamos esse ano a ter workshops maiores uma vez no ano, com professoras de fora, e pretendemos manter. Temos aulas de crochê com horário marcado do iniciante ao avançado em nossa loja.

 

16. Quando o cliente chega ainda meio em dúvida sobre que fios/materiais usar em uma peça como vocês da Maria crochê ajudam essas clientes a encontrar a melhor opção para o projeto?


Nós perguntamos que tipo de peça a pessoa quer confeccionar, em que cor, perguntamos os detalhes da peça e assim podemos indicar os melhores fios e acessórios para o cliente.

 

17. Sabemos que por lei o lojista de loja física não é obrigado a fazer trocas o aceitar devoluções. Mas muitas empresas de diferentes ramos o fazem como cortesia para ganhar o cliente. Como é a política de troca/devolução da empresa.


 As trocas são permitidas apenas para produtos não violados e fora de promoção.

 

18. Eu já vi que vocês testam os produtos, fazem peças com os fios que vocês vendem. Essas peças ficam disponíveis na loja para as clientes verem?


Expomos as peças feitas com os fios para que as clientes possam se inspirar, além de sempre serem vendidas.

 

19. Como vocês se mantém atualizadas sobre novos produtos e tendências no mercado?


Nós fazemos pesquisas constantes e sempre conversamos com as clientes para sabermos as tendências e preferências gerais. 


20. Você tem alguma história/fato interessante ou engraçada que já aconteceu com vocês na loja, com clientes, ou fornecedores, conta para gente?

Era um dia após o Workshop com a professora Gabi. Ela veio em nossa loja para visitar e gravar algumas coisas, e aproveitamos o momento para sentar e conversar também.. Enquanto isso, uma cliente chegou e eu parei a conversa para atendê-la. Percebíamos que ela toda hora ficava observando a Gabi, pensando "será que ela é aquela professora da Internet que eu acompanho ou eu estou sonhando?"... Um tempo depois ela disse: "eu vou ter que perguntar: você é a professora Gabi??" Aí a Gabi disse: "Sim, sou eu". Essa cliente chorou tanto ao vê-la e abraça-la, que disse: "Eu não acredito que a minha professora preferida está aqui e consegui te dar um abraço que eu tanto queria". Eu e minha mãe só assistíamos aquilo emocionadas, pensando em como o crochê muda a vida das pessoas e o quanto foi o importante aquilo na vida daquela cliente.

 

21. O feedback dos clientes é sempre uma maneira de sabermos se estamos indo na direção certa e o que precisamos melhorar. Como vocês buscam ouvir as clientes para poder fazer os ajustes e melhorias na loja?


Nós ficamos sempre em contato com as clientes conversando sobre as confecções delas e se os fios atenderam suas expectativas, dessa forma sabemos se os produtos estão ou não interessantes para as clientes.

 

22. Em todo mercado sempre existe uma preocupação com a concorrência. Qual é a visão da Maria crochê a respeito de concorrência? Existe? É preocupante?


A gente está sempre acompanhando preços e o que está acontecendo no mercado, para nos inteirarmos... E estamos atentas para desenvolver novas estratégias.

 

23. Como é a divulgação dos produtos da Maria crochê vocês usam redes sociais, google? Qual é a importância das redes sociais para vocês?


As redes sociais são o nosso grande centro de divulgação do nosso trabalho e dos nossos produtos. Lá no Instagram e no Whatsapp, as clientes podem ter acesso a todas as atualizações dos nossos produtos, eventos, promoções etc. Temos também nossos contatos e endereço no Google.

 

24. Hoje vocês já trabalham com trafego pago (anúncios) para a divulgação ou é tudo orgânico?


Sempre usamos tráfego pago, ele sempre ajudou a gente a alçancar novas clientes em todo Brasil. Apesar de que, ás vezes, mesclamos com o tráfego orgânico.

 

25. Você tem parcerias com artesãs para promover os produtos que vocês têm na loja? Como faz para ser parceira da loja?

 

Sim, no momento estamos com a professora Gabi do Rio Grande do Sul. As alunas dela entram em contato conosco quando precisam de materiais e ganham desconto especial em suas compras.

 

26. Ter uma loja envolve muitas tarefas: comprar, repor estoque, atender ao cliente, divulgar, lhe dar com burocracias fiscais, para vocês quais são os maiores desafios de administrar uma loja?


As tarefas são muitas, realmente é um desafio realizar tudo de forma bem feita. Mas eu, minha mãe e minha tia dividimos bem essas tarefas e nos comunicamos bastante, isso tem nos ajudado a fazer da melhor forma possível tudo que é necessário.

 

27. Qual a expectativa de vocês para a Maria crochê, como vocês se veem daqui alguns anos. Tem planos de expansão?


Temos planos de termos outros unidades pela cidade. Por enquanto vamos mantendo a que temos e em breve, pensamos em abrir outras ‘’Marias Crochê’’.


28. Vocês já enfrentaram períodos de desânimo? Talvez até dificuldade financeira devido a uma baixa nas vendas? Como superaram esses momentos?


Sim! Nós sempre lembramos que lidar com vendas é viver de altos e baixos. Tem semana que está ótimo, tem semana que a procura cai e assim vai indo. Mas o que não nos faz desistir é lembrar do caminho que percorremos até aqui.


29. Qual é o seu conselho para artesãs que estão começando e procuram os materiais certos?


Simplesmente não desistam do artesanato. Muitas pessoas não o valorizam, mas você irá achar seu público certo que irá valorizar o trabalho. No começo também não é fácil achar os materiais que vocês se adaptam melhor e com os melhores preços, mas lembrem que tem a Maria Crochê ajudar vocês rsrsrsrs.

 


Se você deseja acompanhar, conhecer o trabalho ou até mesmo comprar na Maria crochê acesse o instargram @mariacrocheloja e/ou entre em contato no Whatsapp da empresa (31) 97241-4042


Gostou da História da Maria crochê?! Quer saber mais sobre a empresa e como ela funciona deixa aqui nos comentários a sua pergunta. Aproveita e deixa também uma mensagem de carinho e apoio a essas empreendedoras!


Veja também a entrevista no Youtube!

 



44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page